Project Description

Tradição dos Potes Ciganos

Workshop

Dia:

Duração : 2:00hs

Horário:

Quando falo de potes falo da mais pura tradição entre meu povo, quando se trata de agrupar energias distintas para determinado fim. Os ciganos são um povo nômade, que chegou ao Brasil vindo das mais variadas regiões do mundo, com costumes vários, pois apesar de preservarem sua cultura e tradição como nenhum outro povo, adquiriram também costumes das diversas regiões por que passaram. Jamais fazemos potes aqui tratados em forma de ser semelhante a outras religiões, respeitando cada um com suas características. Costumamos não usar barro, ou o que for, a não ser que assim seja preciso, e ainda devo ressaltar que os “Jalar Alu“, devem sempre feitos com tamanho pequeno, pois deverá constar como parte da decoração mágica da tsara ou casa, e também porque todos serão desfeitos, após as celebrações, sendo divididos entre os presentes, para fazer parte de sua casa durante o ano que se celebra a chegada. Algumas pessoas costumam fazer potes ciganos, mas é importante frisar que esses potes são elementos de fixação da egrégora pessoal ou coletiva para fixar energias definidas conforme a utilização do pote, é o que vai manter o campo áurico pretendido. Os potes ciganos em geral contêm: grãos, cristais, essências, dinheiro (moeda), fitas, lembrando sempre que outros objetos podem fazer parte como punhais, xale, lenços, taças, baralhos, e durante a imantação pode estar ao lado licores finos ou qualquer outra bebida condizente com sua terra natal, quando encarnados, como forma de presente. Para a feitura do pote, deve se criar uma aura própria do nosso povo, colocando musicas, incensos e etc… Andar sem calçados também faz parte do misticismo cigano, durante o processo de se fazer os potes, pois acreditam que esta é uma maneira de descarregar a energia negativa na terra, ao mesmo tempo propiciando a entrada de energia positiva que vem do céu, do Sol, da Lua e das estrelas. A ideia de que tememos o mar é uma perfeita bobagem. Os ciganos respeitam e reverenciam os quatro elementos (terra, água, ar e fogo), cultuando seus respectivos elementais, além de todos os outros sendo da egrégora do planeta ou mesmo artificiais. Para se fazer qualquer tipo de pote, recomenda-se o tradicional resguardo, pelo menos um dia antes do dia marcado para este grande encontro de egrégoras. Além de toda preparação, deve ter, estudo iniciático, ou o que for, quando estivermos trabalhando com a energia dos ciganos teremos que seguir algumas exigências para o nosso próprio bem. A imantação protege condensando com a finalidade para o qual foi feito, porventura enviados para a pessoa, uma vez que cria, em torno do participante, um campo vibratório poderosíssimo que a isola totalmente dos tipos de vibração contraria. É importante estar com o mental em movimento, é um começo para a ação. Concentre-se em se conhecer e não em acreditar em tudo que lhe dizem, ou em tudo que vê. Quando acreditamos sem questionar, sem querer conhecer, ficamos fanatizados, escravos e com um imenso talento mediúnico desperdiçado. “Os Potes, são como Pontos de Força dentro da Magia dos Ciganos, fazendo parte de todos os Fundamentos, como Segurança Mediúnica, dos Encontros Espirituais, para a Prosperidade, Intuição, Vidência, Evocação dos Trabalhos – de Amor, Saúde e também pelos principais Ritos. Os Potes abrem a Mediunidade, evocam o Guardião e são Consagrados aos Ciganos de nossa Aura”

Tópicos:

O que são Potes?

Como Fazer?

Potes Ciganos Tradicionais

Potes para Prosperidade

Potes de Intuição e Vidência

Potes de Segurança Mediúnica

Potes para Evocação nos Trabalhos de Amor